Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese


Total de visitas: 5162
Política Editorial
Política Editorial

A Revista Pesquisa em Educação - PESEDU é uma iniciativa do grupo Conhecimento e Ciência que há 20 anos atua no setor da educação e suas interfaces com diversas áreas do conhecimento. A Revista tem como missão socializar a produção de estudos e pesquisas científicas, de caráter teórico ou empírico, na área de Ciências Humanas como foco em Educação e desta forma propiciar debates em torno de questões ligadas à conjuntura educacional no Brasil e no exterior.

Os manuscritos podem compreender o pensamento, a prática e/ou a relação educativa no âmbito da "sala de aula" da educação básica ou superior, bem como análises das políticas públicas da educação, principalmente na formação inicial e permanente dos profissionais, professores e gestores, contemplando investigações que contribuam para a melhoria e desenvolvimento das práticas escolares nas diversas áreas do conhecimento e em seus diversos tempos e espaços educativos, nas diferentes etapas e modalidades da educação

A revista será editada semestralmente, podendo publicar números especiais (Cadernos Temáticos) tendo como público alvo os leitores que dialoguem com o debate central aqui proposto tendo como foco os seguintes eixos tematicos: Políticas Públicas e Gestão da Educação; Novas Tecnologias e Educação; Docência e Direito Educativo; Processos Educativos e Práticas Pedagógicas; Formação de Professores; Internacionalização e Educação Superior; Políticas Educacionais.

O periódico recebe artigos, resenhas, notas de leitura, documentos históricos, relato de experiências, pesquisas, dentre outros.

A produção cientifica é de responsabilidade exclusiva dos autores, as opiniões e julgamentos neles contidos não expressam necessariamente aqueles relativos à Comissão Editorial. Como a avaliação dos manuscritos é feita às cegas quanto à identidade dos autores, é de responsabilidade destes a verificação para que não haja elementos capazes de identificá-los em qualquer parte do texto. A Revista de Ciências Humanas não se responsabiliza por procedimentos dos autores que não respeitem esta norma.

Os trabalhos a serem submetidos nas seções da PESEDU devem ser originais, inéditos, de reconhecido interesse acadêmico, e não podem ter sido simultaneamente submetidos a outras revistas especializadas.

POLÍTICAS DE SEÇÃO

ARTIGOS ORIGINAIS

Parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento, apresenta temas ou abordagens originais.

ARTIGOS DE REVISÃO DE LITERATURA

Parte de uma publicação que resume, analisa e discute informações já publicadas.

ENSAIOS

Para Pinto (1998 apud REBOUÇAS, 2010, p.4), "o ensaio não é um gênero literário, mas é um gênero de intervalo entre o ficcional e o não ficcional". O ensaio não pretende ser exaustivo nem cultuar fontes por sua autoridade. Vai contra os padrões de uma racionalidade sistematizante, universal, objetiva e neutra. Supera, portanto, segundo Rebouças (2010, p.5), a metodologia positivista não é na "objetividade do método que o ensaio se expressa, mais na subjetividade das escolhas discursivas [...]." Isso não quer dizer que no espaço acadêmico, vá abandonar padrões técnicos, cuidado com a escrita, preocupação com o corpus, explicitação de seu itinerário: o memorial da pesquisa e das referências. Acrescenta-se assim que deve ter conclusão original, porém menos aprofundada e/ou menor do que o artigo científico, na qual deve se sobressair o espírito crítico e a originalidade do autor.

ESTUDO DE CASO

Uma publicação para ser considerada como estudo de um caso, simples e específico ou complexo e abstrato, deverá ser sempre bem delimitado. Pode ser semelhante a outros, mas é também distinto, pois tem um interesse próprio, único, particular e representa um potencial na produção científica.

 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO PELOS PARES

O trabalho é aceito para análise, pressupondo-se: 1) o mesmo não foi publicado e nem está sendo submetido, simultaneamente, para publicação em outro periódico; 2) todas as pessoas listadas como autores aprovaram o seu encaminhamento à PESEDU; 3) as opiniões emitidas pelos autores são de sua exclusiva responsabilidade; 4) a apresentação formal do trabalho está de acordo com todas as indicações destas normas editoriais.

Os trabalhos encaminhados à PESEDU serão avaliados em dois momentos:

Primeiro, a avaliação do atendimento às diretrizes aos autores. O artigo será avaliado em sua normalização (formas de citação, preenchimento correto dos metadados, verificação da qualidade de tabelas e figuras e checagem da retirada das identificações de autoria). Havendo correções, serão solicitadas ao/s autor/es, que terão o prazo máximo de 20 dias para fazer as devidas adequações e encaminhá-las para a avaliação seguinte, de mérito do conteúdo.

Segundo, a avaliação do mérito do conteúdo. O artigo será encaminhado pelo editor da revista ao corpo de pareceristas, que apreciação o texto. As opções de pareceres são: a) Aprovado integralmente; b) Aprovado, desde que sejam feitas as correções necessárias; c) Recusado. Caso haja alguma divergência quanto aos pareceres, o editor encaminhará o artigo ao conselho editorial que decidirá quanto à publicação ou não.

O/s autor/es serão notificados, por e-mail, da aceitação ou recusa de suas submissões.

Os critérios de avaliação incluem: originalidade, contribuição para o conhecimento da área, adequação metodológica, clareza e atualidade. Os artigos aceitos poderão sofrer revisões editoriais para facilitar sua clareza e entendimento, sem alterar seu conteúdo. A PESEDU se reserva o direito de efetuar nos originais alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo do/s autor/es

Quando se fizerem necessárias modificações substancias, o/s autor/es será(ão) notificado/s por e-mail e encarregado/s de fazê-las. Deverá(ão) postar a nova versão do trabalho no Sistema, dentro do prazo determinado pelo mesmo.

 

POLÍTICA DE ACESSO LIVRE

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

ARQUIVAMENTO

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.